Economize em Londres :D

Aqui vão as minhas dicas de como economizar em Londres:

Transporte

Oyster Card

Oyster Card é um cartão magnetico essencial para todos os que moram e trabalham em Londres. Ele é aceito em todos os ônibus, metrôs e trens que passam pela zona central. Pode-se tanto usá-lo como pré-pago, como um Travelcard (passe semanal, mensal ou anual) ou como um Bus Pass. Lembre-se que é necessário passar o cartão no sensor tanto na entrada como na saída das estações, senão você será penalizado. Os estudantes têm desconto de 30%. Jamais compre um bilhete unitario de papel. Eles custam £4 enquanto usando o Oyster Card essa mesma viagem poderá custar até a metade do preço.
Muitos reclamam do preço alto, da superlotação, atrasos, sujeira, ratos, greves, calor etc, mas poucos sistemas de transporte do mundo cobrem toda cidade como o de Londres.

www.tfl.gov.uk – tudo sobre transporte público

A bicicleta é uma ótima opção para se economizar. Também é possível encontrar carros com preços bem em conta, no entanto, o seguro poderá sair caro e deve-se levar em consideração os custos para adquirir a carteira de habilitação européia.

Comida

Nos supermercados, a pedida é optar pelas marcas econômicas dos próprios supermercados:Value do Tesco, Basics do Sainsbury’s, Smart Price do Asda e assim por diante. Muitas vezes, a qualidade dessas marcas são as mesmas dos produtos concorrentes que custam mais do que o dobro. Além de comida, as lojas grandes também oferecem roupas boas a um preço bem baixo. Fazer sua própria comida em casa sempre vai sair mais barato. Um sanduíche médio na rua pode custar £3, enquanto com esse dinheiro compra-se pão e recheio para toda a semana. Não caia na tentação dos take-aways. Uma entrega não vai sair por menos de £10. Para jantar fora, aconselho ir por recomendações de conhecidos ou fazer pesquisa na internet para não cair numa roubada. Se você quiser economizar na bebida, não tenha vergonha de pedir a tap water (água de torneira). Caso você não tenha side bem servido ou simplesmente não queira deixar caixinha, a taxa de serviço não é obrigatória.

www.timeout.com/london – guia cultural, artistico e gastronomico

Acomodação

A maneira mais econômica de se viver em Londres são as repúblicas, que são casas ou apartamentos onde se divide o aluguel entre os inquilinos. Os hostels são uma boa opção para os que estão só de passagem. Para os que estão planejando vir para estudar inglês, morar com uma família inglesa pelo menos no início não é uma má idéia. Fuja dos B&B (Bed & Breakfast) a não ser que voce esteja realmente desesperado. Eles são todos imundos e custam uma fortuna.

www.gumtree.co.uk – acomodação e trabalho

Viagens

É possível encontrar passagens aéreas custando £0.01 na baixa estação pela Ryanair, que voa por toda a Europa. Não é difícil de se encontrar ofertas de passagens onde paga-se apenas as taxas de aeroporto, algo em torno de £30. Eu mesmo já visitei a maior parte das capitais européias viajando por essa companhia. A pegadinha são os horários dos vôos (saem muito cedo ou retornam muito tarde), os aeroportos são longe do centro das cidades e não há serviço de bordo. Para quem não abre mão de conforto, a British Airways baixou os preços das passagens nos últimos anos devido à concorrência então vale a pena dar uma conferida (infelizmente não para o Brasil). No site da Expedia, vende-se bilhetes para o Brasil e também pacotes de viagens para toda parte do mundo.

www.ryanair.com
www.expedia.co.uk

Roupas

A sensação do momento na Oxford Street é a Primark, próxima à estação de Marble Arch. Lotada o dia inteiro, vende roupas com o preço mais baixo da cidade. Caso você vá passar o final do ano em Londres e não tiver nada para fazer no feriado do Boxing Day (26/12), aproveite a liquidação nas lojas dessa avenida quando o trafego é bloqueado devido à multidão que desce em peso. Outra loja de roupas barata é a Lillywhites próxima à estação de Piccadilly Circus.

Primark, Oxford Street

Lazer

Os cinemas da Leicester Square são famosos pelas premieres quando os atores de Holywood desfilam pelo tapete vermelho. Não se iluda. Fuja deles pois custam o olho da cara. Vá ao Prince Charles Cinema ali do lado que é baratinho e passa filmes já em cartaz ou procure um cinema de bairro que custará a metade do preço para ver os filmes em lançamento.
Quando cheguei aqui, a maioria dos museus cobravam a entrada. Agora não tem desculpa vir a Londres sem ir ao museu pois os mais famosos são gratuitos: National Gallery, British Museum, Tate Modern, National History Museum, Science Museum etc. Eu que nunca fui muito amiga de museu já fui a todos eles e adorei.
Muitas baladas são gratuitas para quem entra antes das 9 da noite. Aproveite as promoções dasHappy Hours nos bares pra beber coquetéis baratos antes de cair na noite.
As bibliotecas públicas oferecem acesso gratuito a internet, além de emprestar livros, CDs, DVDs etc.
Para quem gosta de malhar, as opções mais em conta são os leisure centers locais. Eles cobram bem pouquinho para umas braçadas na piscina e a mensalidade sai bem mais conta do que as academias particulares. Dessas, a mais em conta é a Fitness First.

Outras dicas

  • Adquira os cartões de fidelidade do Tesco e Boots. Você não tem nada a perder e ganha créditos a cada compra.
  • Acha-se de tudo nos sites do Ebay e Amazon, mas apenas compre de quem tenha um bomfeedback e pesquise bem os preços antes de efetivar a compra. Use e abuse dos sites de comparação de preço.
  • Na Poundland, tudo ali sai por £1. Porém, veja bem se o que você vai comprar pode talvez custar menos em outra lugar.
  • Vende-se quase tudo no Argos. Trata-se de uma loja que vende por catálogo: anote o código, confira se tem em estoque, pague no caixa e retire no balcão. Muito prático, no entanto nem tudo ali é barato.
  • Para quem gosta de decorar a casa pagando pouco, vá a Ikea que sempre tem algo bacana ou que você tá precisando por um preço justo.
  • O preço mais em conta no momento para corte de cabelo sai em torno de £5 para homens e £12 para as mulheres. Existe uma rede chamada Supercuts espalhada em Londres que tem preços razoáveis. Nos salões mais conhecidos tipo Tony & Guy, você talvez vá pagar uma pequena fortuna apenas para aparar as pontas.
  • Toda residência que tenha um aparelho de TV precisa pagar a tal da TV Licence (£139.50 por ano). Se você realmente quer economizar, não caia na besteira de pagar TV a cabo. Compre a caixa digital que custa em torno de £10 e você terá acesso a mais de 40 canais gratuitos peloFreeview.
  • Anticoncepcional é gratuito. Basta cadastrar-se em qualquer GP (General Practicioner ou clínico geral) próximo da sua casa e marcar uma consulta. Se mesmo com essa dica você acabar engravidando, pelo menos os hospitais públicos não vão cobrar nada para o acompanhamento e o parto.
  • Use e abuse das text messages (torpedos) que aqui são muito utilizados e custam quase nada. Celular pré-pago é a opção mais em conta se você não passa o dia todo ligando para os amigos. Para ligar para o Brasil, não ligue direto e evite usar o celular. Use Skype ou use as companhias telefonicas que cobram pouco (Bestminutes cobra 1.5p por minuto – 0844 3006060). Ligação para os telefones que começam em 0800 são gratuitos. Preste atenção pois os que começam com 084, 087 e 09 não são gratuitos.
  • Leia os jornais gratuitos (Metro News, London Paper e London Lite) ou vá a biblioteca local para ler os jornais do dia de graça.

Para finalizar, deixo um site fantástico para os que moram em Londres e adoram economizar. Tem vouchers, códigos para descontos, milhões de dicas, freebies etc.

http://www.moneysavingexpert.com

Fonte 🙂 

Anúncios

About Urge to Travel

Viajar é viver!!

Posted on Julho 1, 2012, in Pessoal. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Lotjina

----------- l'olandesina ----------------

Viaje com Pam Pam

USA, Navio e agora Londres! Entra nessa e viaje com Pam Pam!!!

Fabricio Zillig

Webstandards, Programação, Lógica e algumas coisas mais

Nossocorretor

REDE IMOBILIÁRIA - (91) 8213-6173 (91) 8739-5028

Hywel's Big Log

If not the biggest, definitely the worst

UKstudy Brasil Blog

Ajuda grátis para intercambio no exterior

ZHP

blog//portfolio • Henrique Pimentel

Cerveja com Ogros

www.cervejacomogros.com.br

Oficina da Crônica

O curso tem como proposta metodológica a produção de crônicas em todas as aulas a partir do estudo linguístico e histórico do gênero. Os alunos terão contato com os principais autores brasileiros desde o século XIX e estudarão os diversos estilos, além das técnicas específicas. Faremos análise de ritmo, sonoridade, uso de metáforas, clichês, construção de personagem, revisão de fair diver e outras características desse tipo de narrativa.

Ohm The Road

Documentário. Road Movie. India, Himalaya, Nepal.

ATELIER c157

- ART & PHOTOGRAPHY -

Lesfar Inmors, ORKUT!

Just another WordPress.com weblog

Fabricio dos Santos Weblog

Portifólio Online - Acadêmico / Profissional - Weblog

Sol da Meia Noite

Just another WordPress.com weblog

Bathoryland Music Store

Just another WordPress.com weblog

Vampireland

Just another WordPress.com weblog

English For Us - By Márcia Barbosa

Just another WordPress.com weblog

Blog da Bella

Just another WordPress.com weblog

%d bloggers like this: